terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Como identificar um pedófilo? — registrado em: crime sexual, PFDC


O Leonardo enviou, por meio do formulário do "Mas, por quê?!", uma pergunta que achei bem interessante. Ele quer saber como reconhecer um pedófilo. A Turminha pediu ajuda da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão - órgão do MPF que defende os direitos das crianças e adolescentes. 
Eles responderam que é difícil reconhecer um pedófilo, porque parece uma pessoa comum. Mas deram umas dicas bem legais e também enviaram a cartilha "Navegar com segurança", para a gente saber como se proteger de pedofilia na internet.
Se também tiverem dúvidas sobre os direitos das crianças encaminhem para a Turminha. Nós vamos atrás das respostas.

Como posso saber quem é pedófilo? (Leonardo, 12 anos)

Resposta da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC):
Infelizmente não é fácil reconhecer um pedófilo. Isso porque geralmente é  uma pessoa, aparentemente, comum e não possui características físicas que as diferenciem de outras pessoas. O pedófilo, em sua grande maioria homens, é uma pessoa adulta que sente atração sexual por crianças e adolescentes, podendo ou não haver contato físico. Mas, o que os pedófilos possuem em comum são alguns comportamentos, com os quais  todas as crianças e adolescentes devem tomar cuidado e desconfiar.
Alguns desses comportamentos são: 
§                     Gostam de ficar sozinhos com crianças ou adolescentes, sendo muito atenciosos e sedutores.
§                     Gostam de fazer “amizade” com criança/adolescente.
§                     Sempre procuram agradar sua vítima com presentes, elogios e promessas.
§                     Em suas casas possuem vários objetos, jogos, guloseimas para agradar crianças e adolescentes.
§                     Procuram fazer carinho nas partes íntimas de crianças e adolescentes.
§                     Sempre pedem para guardar segredo e nunca contar nada a ninguém sobre seus  comportamentos.
§                     Às vezes, ameaçam a criança/adolescente, algo ou alguém de que goste muito, caso não ceda às suas vontades.
§                     Pedem para filmar ou tirar fotos de criança/adolescente, com pouca ou nenhuma roupa e pedem para fazer poses sensuais.

O pedófilo pode ser alguém muito próximo de você, como um familiar, um conhecido, um vizinho e também alguém desconhecido que se aproxima de crianças/adolescentes por meio da internet (salas de bate-papo, por exemplo).
Essas são algumas dicas importantes. Caso desconfie de algo ou alguém, conte para um adulto em que confie. Lembre-se que a criança/adolescente é sempre vítima! Se existe um culpado, esse é sempre o pedófilo!



Violência contra as mulheres - Parte 4


O que pode ser feito?


As mulheres que sofrem violência podem procurar qualquer delegacia, mas é preferível que elas vão às Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM) (se tiver em sua cidade) , também chamadas de Delegacias da Mulher (DDM). Há também os serviços que funcionam em hospitais e universidades e que oferecem atendimento médico, assistência psicossocial e orientação jurídica.
A mulher que sofreu violência pode ainda procurar ajuda nas Defensorias Públicas e Juizados Especiais, nos Conselhos Estaduais dos Direitos das Mulheres e em organizações de mulheres.

Como funciona a denúncia?


Se for registrar a ocorrência na delegacia, é importante contar tudo em detalhes e levar testemunhas, se houver, ou indicar o nome e endereço delas. Se a mulher achar que a sua vida ou a de seus familiares (filhos, pais etc.) está em risco, ela pode também procurar ajuda em serviços que mantêm casas-abrigo, que são moradias em local secreto onde a mulher e os filhos podem ficar afastados do agressor.
Dependendo do tipo de crime, a mulher pode precisar ou não de um advogado para entrar com uma ação na Justiça. Se ela não tiver dinheiro, o Estado pode nomear um advogado ou advogada para defendê-la.
Muitas vezes a mulher se arrepende e desiste de levar a ação adiante.
Em alguns casos, a mulher pode ainda pedir indenização pelos prejuízos sofridos. Para isso, ela deve procurar a Promotoria de Direitos Constitucionais e Reparação de Danos.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Homem de 90 anos mata a facadas duas jovens de 12 e 13 anos em MT





Duas adolescentes de 12 e 13 anos foram assassinadas a facadas por um homem de 90 anos, na madruga deste domingo (29), em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. As jovens Grazieli Rodrigues de Moraes, 12, e Stefani Souza Silva, 13, foram mortas após terem ido a uma festa de aniversário. Um jovem de 14 anos também foi ferido no braço e encaminhado para o Pronto Socorro da capital.
O adolescente contou à Polícia Civil que o idoso Francisco da Silva, representante do bairro Jardim Oliveira e eleito como presidente pelos moradores junto à prefeitura, mostrou as partes íntimas para as garotas e chamou-as para entrar em sua residência. "Saímos correndo mas encontramos ele em outra esquina com um facão na mão. Foi tudo muito rápido. Ele chegou e começou a esfaquear as meninas". De acordo com o garoto, ele foi ameaçado pelo suspeito, dizendo que seria o próximo a morrer.
Homem de 90 anos mata duas jovens em MT (Foto: Reprodução/TVCA)Homem alegou que jovens atiravam pedras em sua
casa (Foto: Reprodução/TVCA)
Em depoimento à polícia, o idoso confirmou a autoria do crime mas negou ser pedófilo. Ele justificou dizendo que, constantemente, os adolescentes jogavam pedras em sua residência. "Estava deitado, por volta das 2h, quando os jovens começaram a jogar pedras no telhado. Sai e fui verificar o que estava acontecendo".
A delegada que acompanha o caso, Anaide Barros, informou que as acusações de pedofilia serão investigadas pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e que o homem será indiciado por duplo homicídio e tentativa de homicídio qualificado. "As vítimas não tiveram como se defender", ressaltou. O idoso foi encaminhado para o Centro de Ressocialização de Cuiabá, o antigo Carumbé.
A mãe de Grasieli, Maria Santana, contou que o homem estava seguindo as meninas. Ela ressaltou que o suspeito chegou a frequentar algumas vezes a casa dela. "É o presidente do bairro. Jamais imaginávamos que ele seria capaz de matar alguém". A tia de Stefani, Luciana Souza Silva, ressaltou que uns jovens que viram o homem mostrar as partes íntimas para as garotas começaram a jogar pedra nele. "A família está chocada".

O MPF está atento à pedofilia. Você também?



Você sabe o que é pedofilia? É o crime de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Aquele que comete o crime de pedofilia é chamado de pedófilo. Ele tem desejo de fazer sexo com crianças e se aproveita da inocência e ingenuidade delas para se aproximar. Disfarça suas intenções e tenta se passar por amigo com conversas gentis e promessas de presentes.
Para não ser vítima de um pedófilo, é importante que você não converse com estranhos na rua ou na internet, e nunca aceite convites de desconhecidos para encontros ou passeios. Quando navegar na internet, não dê informações pessoais a ninguém, como seu sobrenome ou o dos seus pais, endereço, telefone ou a escola onde estuda. Evite também publicar fotos suas.
Existem muitas leis que obrigam o Estado e a sociedade a protegerem as crianças  para que elas não sejam vítimas desse crime, e o Ministério Público vem tomando medidas para prender os pedófilos antes que eles cometam crimes. Em agosto, por exemplo, em uma reunião no Senado, da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pedofilia, o MPF assinou um acordo de cooperação com as empresas de cartões de crédito para que elas não aceitem o pagamento de compras de fotos e vídeos com cenas de sexo e pornografia infantil. As empresas também prometeram entregar os nomes e endereços de quem tentar comprar e vender essas imagens pela Internet.
No ano passado, o MPF em São Paulo também fez um acordo com o Google para ele entregar ao Ministério Público e à Polícia Federal todas as notícias e imagens de pornografia infantil que aparecem no Orkut. Depois disso, muitos pedófilos já foram encontrados. Se você quiser fazer alguma denúncia sobre pedofilia ou pornografia infantil na Internet, pode acessar o site da Safernet, que a denúncia será repassada ao MPF. O endereço é www.safernet.org.br
   
Leis sobre o assunto:
  • O art. 227 da Constituição da República diz que é dever da família, da sociedade e do Estado colocar as crianças e os adolescentes a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. E o § 4º desse mesmo artigo obriga o Estado a punir severamente o abuso, a violência e a exploração sexual da criança e do adolescente.

  • O art. 34 da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, ratificada pelo Brasil, obriga a proteger a criança contra todas as formas de exploração e abuso sexual, inclusive a exploração em espetáculos ou materiais pornográficos. A Conferência Internacional sobre o Combate à Pornografia Infantil na Internet (Viena, 1999) pede que sejam consideradas crime, em todo o mundo, a produção, distribuição, exportação, transmissão, importação, posse intencional e propaganda de pornografia infantil.

  • O art. 201, VIII, do Estatuto da Criança e do Adolescente diz que compete ao Ministério Público zelar pelo respeito aos direitos e garantias legais assegurados às crianças e adolescentes, promovendo as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.

Campanha de Combate a PEDOFILIA


Violência contra as mulheres - Parte 3







Por que muitas mulheres sofrem caladas?


Estima-se que mais da metade das mulheres agredidas sofram caladas e não peçam ajuda. Para elas é difícil dar um basta naquela situação. Muitas sentem vergonha ou dependem emocionalmente ou financeiramente do agressor; outras acham que “foi só daquela vez” ou que, no fundo, são elas as culpadas pela violência; outras não falam nada por causa dos filhos, porque têm medo de apanhar ainda mais ou porque não querem prejudicar o agressor, que pode ser preso ou condenado socialmente. E ainda tem também aquela idéia do “ruim com ele, pior sem ele”.
Muitas se sentem sozinhas, com medo e vergonha. Quando pedem ajuda, em geral, é para outra mulher da família, como a mãe ou irmã, ou então alguma amiga próxima, vizinha ou colega de trabalho. Já o número de mulheres que recorrem à polícia é ainda menor. Isso acontece principalmente no caso de ameaça com arma de fogo, depois de espancamentos com fraturas ou cortes e ameaças aos filhos.


domingo, 29 de janeiro de 2012

Violência contra as mulheres - Parte 2




De onde vem a violência contra a mulher?


Ela acontece porque em nossa sociedade muita gente ainda acha que o melhor jeito de resolver um conflito é a violência e que os homens são mais fortes e superiores às mulheres. É assim que, muitas vezes, os maridos, namorados, pais, irmãos, chefes e outros homens acham que têm o direito de impor suas vontades às mulheres.



Embora muitas vezes o álcool, drogas ilegais e ciúmes sejam apontados como fatores que desencadeiam a violência contra a mulher, na raiz de tudo está a maneira como a sociedade dá mais valor ao papel masculino, o que por sua vez se reflete na forma de educar os meninos e as meninas. Enquanto os meninos são incentivados a valorizar a agressividade, a força física, a ação, a dominação e a satisfazer seus desejos, inclusive os sexuais, as meninas são valorizadas pela beleza, delicadeza, sedução, submissão, dependência, sentimentalismo, passividade e o cuidado com os outros.



sábado, 28 de janeiro de 2012

Violência contra as mulheres - Parte 1





O que é violência contra a mulher?


Na definição da Convenção de Belém do Pará (Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência Contra a Mulher, adotada pela OEA em 1994), a violência contra a mulher é “qualquer ato ou conduta baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública como na esfera privada”.

“A violência contra as mulheres é uma manifestação de relações de poder historicamente desiguais entre homens e mulheres que conduziram à dominação e à discriminação contra as mulheres pelos homens e impedem o pleno avanço das mulheres...”

Declaração sobre a Eliminação da Violência contra as Mulheres, Resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas, dezembro de 1993.

A Conferência das Nações Unidas sobre Direitos Humanos (Viena, 1993) reconheceu formalmente a violência contra as mulheres como uma violação aos direitos humanos. Desde então, os governos dos países-membros da ONU e as organizações da sociedade civil têm trabalhado para a eliminação desse tipo de violência, que já é reconhecido também como um grave problema de saúde pública.
Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), “as conseqüências do abuso são profundas, indo além da saúde e da felicidade individual e afetando o bem-estar de comunidades inteiras.”


Copa 2014: programa vai capacitar mulheres vítimas de violência


Portal da Copa) O Distrito Federal possui um serviço destinado às mulheres vítimas de violência doméstica e que estejam em situação de risco em seus lares: a Casa Abrigo. A partir de agora, elas poderão realizar os cursos do programa Qualificopa, que tem como objetivo capacitar trabalhadores para atender as demanda da Copa do Mundo de 2014.
“As mulheres da Casa Abrigo normalmente não possuem renda, por isso ficam sujeitas à violência dos maridos. O Qualificopa é uma das vias para dar autonomia a elas”, destaca a secretária da Mulher do DF, Olgamir Amância.
Para participar das aulas, as mulheres receberão alguns cuidados para evitarem a exposição, já que passaram por situações de violência e permanecem na Casa por ainda correrem riscos. O governo providenciará transporte e segurança. Além disso, nem todas poderão realizar cursos no mesmo local, ainda que optem pelos mesmos currículos. Outro ponto a ser observado é que as mulheres não poderão realizar seus cursos próximos ao local onde moravam até ir para a Casa Abrigo.
Segundo Olgamir Amância, as mulheres ficaram bastante felizes ao saber que poderiam participar do Qualificopa, pois é uma maneira de melhorar a autoestima abalada pela situação a que foram submetidas. “Este é um resgate dessas mulheres. Uma oportunidade concreta de recomeçar. A partir de agora essas mulheres passarão a ser donas dos seus destinos”, comemora.
Um dos quesitos para se inscrever no Qualificopa é ter concluído pelo menos a 5ª série do ensino fundamental. Hoje estão na Casa Abrigo cerca de 25 pessoas, incluindo crianças pequenas que não podem ser separadas das mães.
Fonte: Agência Brasília

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Volta as Aulas contagem regressiva


UBM repudia comportamento da Rede Globo frente à violência contra a mulher


A União Brasileira de Mulheres (UBM), por meio da sua direção executiva nacional, manifesta publicamente seu repúdio à Rede Globo de Comunicação pela atitude irresponsável no trato da figura feminina revelada no recente episódio da suspeita de estupro durante o programa Big Brother Brasil (BBB-12). A entidade, que coordenada o projeto nacional “Fortalecer o Protagonismo no Enfrentamento Contra as Mulheres na Democratização da Mídia”, repudia e denuncia a omissão dos responsáveis frente às cenas que permitem supor crime sexual, expondo uma mulher em situação de vulnerabilidade para todos os seus telespectadores.

A UBM entende que - para uma concessionária de serviço público - esse tipo de atitude e de programa, ao influir sobre a formação de consciências da audiência de todo o país, contribuem contra a edificação de uma cultura de desrespeito à figura humana em geral e, em especial da mulher em especial.  “Um estupro, ocorrência presumível pelas cenas veiculadas, tenha ou não sido consumado, não pode jamais ser tratado como objeto de brincadeira, chacota ou de comentários imbecis do tipo “O amor é lindo”, proferido pelo jornalista Pedro Bial, buscando fugir à responsabilidade pelo inadmissível abuso”, destaca a coordenadora nacional da entidade, Elza Maria Campos.

O fato corrido e as atitudes do comando da Rede Globo deixaram livre o campo para a reiteração de interpretações preconceituosas e machistas, que buscam culpabilizar a vítima do abuso sexual, isto é, a integrante do programa.  “Se há estupro, ele tem uma causa óbvia: o estuprador, o agente do crime. Agente cuja ação foi tranquilamente liberada para acontecer numa situação em que a mulher encontrava-se incapaz de qualquer discernimento. Afinal, ocorreu depois da noite de orgia alcoólica, na qual a emissora costuma induzir os participantes do abominável programa. A Rede Globo promoveu a farra etílica para a curtição de seus clientes telespectadores e, também, suas decorrências degradantes, entre elas as cenas do abuso sexual sobre uma mulher incapacitada de dar consentimento para qualquer coisa”, manifestou a entidade em nota pública.

Para a UBM, o crime não foi praticado apenas por seu agente imediato, Daniel, mas teve a co-participação de quem criou as condições para que ele acontecesse. Ou seja, a emissora Rede Globo, os responsáveis pelo programa BBB-12 e também os patrocinadores comerciais (Unilever, Ambev, Fiat, Schincariol e outros).  Em nada resolve o problema ter excluído o participante Daniel, acusando-o genericamente de “comportamento inadequado”, sem mais nenhum esclarecimento ou mea culpa.

O “show de realidade” da TV Globo virou palco de escândalo sexual. E essa concessionária de serviço público somente viu-se forçada a reagir, tomando alguma atitude (pífia e tergiversante), depois que o caso assumiu enorme dimensão nas redes sociais pela internet.

“O lamentável episódio de abuso sexual contra Monique, assistido por milhões de pessoas, merece não só amplo repúdio, mas a ação ativa da sociedade organizada para exigir punição de quem responde por essa ocorrência. É preciso cobrar imediata retratação da Rede Globo quanto à agressão que consentiu à figura da mulher, o cancelamento do Programa BBB-12 e até mesmo buscar a possibilidade de cassação da concessão pública de uma emissora que mostra desprezar a dignidade humana”, reivindica a UBM.

A UBM, como movimento social, apoia e luta por uma mídia que respeite os direitos das mulheres e do povo brasileiro; que seja instrumento de formação para a cidadania, de educação e inclusão social, com acesso à informação e exercício da liberdade de expressão.   “A mídia pode contribuir para uma educação crítica e libertadora, uma educação não-sexista, não-homofóbica, não- discriminatória. Por isso, a ocorrência de mais um episódio na contramão civilizatória somente reforça a imperiosa necessidade de o Governo brasileiro instituir o marco regulatório da mídia, a exemplo do que já acontece na Argentina. A mídia deve ter ampla liberdade de expressão, mas também deve responder legalmente pelos conteúdos que veicula”, ressalta Elza.

Mulher e mídia – O projeto “Fortalecer o Protagonismo no Enfrentamento Contra as Mulheres na Democratização da Mídia”, realizado pela UBM com apoio financeiro da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), visa fortalecer o protagonismo das mulheres buscando exercer o controle social sobre a implementação da Lei Maria da Penha e o Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência contra as Mulheres e, ainda, divulgar a importância da Notificação Compulsória para o enfrentamento da violência contra as mulheres.

“As mulheres de modo geral não reconhecem todos os tipos de violência. Então, é importante que elas conheçam para reconhecer e que consigam identificar na mídia, sobretudo na televisão, o reforço dos estereótipos e de todos os processos que as mantém na submissão ao machismo e ao patriarcalismo vigente. A nossa proposta é que consigam fazer o exercício do controle social da veiculação de conteúdos discriminatórios na mídia e tenham outras posturas junto aos seus parceiros, à comunidade e à sociedade”, defende a coordenadora nacional do projeto Dóris Margareth de Jesus.

Formação e debates sobre violência contra a mulher - Os seminários, que fazem parte do projeto e reúnem mulheres de diferentes segmentos sociais, fortalecem o protagonismo das mulheres e estão acontecendo em 17 cidades: Teresina, João Pessoa, Olinda, Campinas, São Paulo, Belo Horizonte Vitória, Betim, Curitiba, Rio Branco, Manaus, Sergipe, Vitória da Conquista, Brasília, Cuiabá e Goiânia. Ao todo, o projeto atingirá diretamente 850 mulheres e cerca de 50 mil indiretamente. “O principal objetivo é incentivar as mulheres, prepará-las para que façam o controle social da mídia, pois ao tomar conhecimento sobre as várias formas da violência de gênero, elas têm respaldo para buscar os seus direitos. Sabemos que a linguagem dos meios de comunicação envolve um plano simbólico, que muitas vezes não é percebido pela maioria delas. Queremos evidenciar essa situação, mostrar que a mídia também agride a mulher”, explica Dóris.
UBM – Por um mundo de igualdade, contra toda opressão!

Ultimas noticias...

Rio de Janeiro: 
Segundo a Polícia Civil, seis vítimas haviam sido identificadas até as 17h: Elenice Maria Consani Quedas, de 64 anos, Alessandra Alves Lima, de 29 anos, Celso Renato Braga Cabral, de 46 anos, Margarida Vieira de Carvalho, de 65, Nilson de Assunção Ferreira, de 50 anos, e Cornélio Ribeiro Lopes, de 73.

Campos dos Goytacazes:
 1- Ciclista morre atropelada frente do HGG. Com a obra "lenta" está muito estreito para o tráfego de veículos e piora com os caminhões que já deveriam terem sido desviados. E agora após a morte dessa senhora as providencias deverão serem tomadas. 
 2- Assalto a ônibus na Viação São João no Parque Cidade de Luz.
 3- Por causa da obra na Av. João Carlos Pereira Pinto os ônibus estão sendo desviados para ruas alternativas que não aguentam o tráfico pesado de caminhões. Na Rua Evaldo V. Vasconcelos o asfalto está destruído de uma obra recém inaugurada. Quando acabar a obra que já está fazendo aniversário as ruas que foram asfaltadas no Parque Alvorada precisarão serem refeitas. Teremos nova licitações? 

4- EUA:
O brasileiro Alex da Silva, ex-coreógrafo do programa de dança americano "So You Think You Can Dance", foi condenado a dez anos de prisão pelo estupro de uma estudante de dança e pela tentativa de estupro de uma outra, nos Estados Unidos. As informações são do site TMZ.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Tragédia no Rio de Janeiro

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro confirmou na manhã desta quinta-feira (26) que três corpos foram encontrados no local do desabamento de três prédios, no centro da cidade. Até o momento, as vítimas não foram identificadas. Há apenas a informação que os dois primeiros corpos encontrados são de um homem e de uma mulher adultos.
Ontem, por volta das 20h30, três prédios vieram abaixo: um maior, na rua Treze de Maio (chamado Liberdade), que tinha 20 andares; um menor, no número 16 da rua Manoel de Carvalho, com 10 andares (chamado Colombo); e ainda um imóvel pequeno, localizado entre os dois edifícios maiores, com quatro ou cinco andares.
Um homem que estava dentro de um dos elevadores do edifício Liberdade conseguiu ser resgatado após entrar em contato com um amigo pelo celular.
O local fica bem próximo ao Theatro Municipal, que não foi afetado, segundo a presidente da entidade, Carla Camurati. Dois fiscais do Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) estão na rua Treze de Maio, acompanhando os trabalhos da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros. O objetivo é buscar as primeiras informações para detectar as causas do desabamento.
bol-uol

Campos incluído no Plano Rio sem Miséria...







Ontem o PCdoB de Campos/RJ esteve presente na UENF para acompanhar o lançamento do Plano Rio Sem Miséria. 
Com apresentação de diversos grupos de danças, músicas, muita gente bonita e com certeza muitas felizes. Felizes porque este programa proporcionou a muitas famílias da Região Norte benefícios que vai de R$30,00 a R$ 300,00. Em Campos o programa irá atender 15.200 famílias aproximadamente cinquenta mil pessoas.    Após a palavra do secretário Rodrigo Neves o clima esquentou com manifestantes e alguns "deselegantes do poder". Sinceramente como cidadã campista e defensora de Programas que melhorem as condições de vidas humanas deste Município não me interessa "quem criou" e sim "quem conclui". Acredito que cerimonias como a citada acima deve ser de compreensão Pública onde o maior interesse é da população. Aos manifestantes vai os meus sinceros pedidos de desculpa não por ter participado da "deselegância" e sim por esperar muito mais dos companheiros que estão no poder. Todos temos o direito de serem ouvidos e com certeza o que faltou ontem foi a compreensão maior de "algumas" autoridades. Mais o que vem de concreto que não se pude mudar e sim "gerenciar com responsabilidade" é o investimento de R$ 1.308,415 por mês do programa em Campos de acordo com o Secretário Rodrigo Neves, um grande passo, onde o objetivo maior é de erradicar a miséria 
O Brasil sem Miséria(Governo Federal) gera o Rio sem Miséria (Governo do Estado do Rio de Janeiro)e vamos continuar reproduzindo no final Municípios sem Miséria (quem sabe Campos dos Goytacazes????) Todos no objetivo maior de diminuir a pobreza. 
Outro fator importante  que carrego como "sonho", uma ajuda de custo para estudantes do ensino médio para que os mesmos possam concluir o ensino sem sair para o mercado de trabalho estando com ensino médio incompleto é o Renda Melhor Jovem que é uma poupança-escola que pode chegar a R$3100,00 para jovens que estão inscritos nas famílias beneficiadas pelo Renda Melhor e que tem idades de 15 a 17 anos, que estão com pelo menos 75% de frequência. Um grande ponta pé inicial onde em Campos 1.903 alunos serão beneficiados. 
Como considero o Porto do Açu um investimento importantíssimo para nossa Região pois não consigo pensar em Norte Fluminense sem os municípios vizinhos pois o crescimento desses é sinal de fortalecimento para todos nós da Região (comércio etc), fica o informativo abaixo, também sinônimo de trabalho.

- O município de São João da Barra também recebeu o Renda Melhor através do Governador Sérgio Cabral que disse que o Programa vai contemplar cerca de 1200 famílias, com um investimento de R$ 98.255 por mês. Como não ficar feliz com o ponta pé inicial??? isso prova que alguns concluem. Gostaria realmente de Campos não ser indicada para receber esse auxílio do Governo Estadual pois isso significaria que não estaríamos na classificação que o próprio nome "sinaliza" que é um  "Plano Rio sem Miséria" mais o que fazer não é???? algo tem que mudar...

CURSO DO PROGRAMA SOCIALISTA








O PCdoB de Campos-RJ realizou na sede do Partido nesta cidade o curso do Programa Socialista promovido pela Escola Nacional do PCdoB, com apoio da Fundação Mauricio Grabois. Com a presença marcante da Presidente do PCdoB de Campos a nossa querida Professora Odete Rocha e tendo como Formador o camarada Marcos Costa. Todos receberam Certificado de Participação após finalização do Curso assinado por   Nereide Saviani (Diretora da Escola Nacional do PCdoB) e Adalberto Monteiro (Presidente da Fundação Mauricio Grabois).

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Com barriga de silicone, falsa grávida enganou até mesmo o marido em Taubaté



Em Taubaté (SP)
Uma coletiva realizada hoje à tarde em Taubaté, interior de São Paulo, esclareceu que a professora Maria Verônica Aparecida César Santos não estava grávida. Para enganar até mesmo o marido ela usou uma barriga de silicone com enchimento de tecido.
O desfecho da dúvida se havia ou não a gravidez aconteceu nesta madrugada. A mulher teria passado mal e familiares se mobilizaram para levá-la ao hospital. Ela recusou atendimento médico e teria assumido a farsa.
O advogado Marcos Antonio Leite recebeu a informação por volta de 3h da manhã. Segundo ele, o marido, Kléber Eduardo Melo Vieira, entrou em estado de choque e teria chorado compulsivamente no momento em que viu que a barriga tinha apenas pedaços de tecidos e silicone. Ao se deparar com a cena da falsa gravidez, o então advogado teria pedido ajuda ao colega, Enilson de Castro, que agora cuida do caso. "Nem o marido a tocava, ela dizia que estava com estrias e o marido acreditou na gravidez", comentou Castro, que não quis revelar o real motivo da mulher em fantasiar uma gravidez, alegando a necessidade de uma conversa mais aprofundada com a cliente, já que teria assumido o caso às pressas, ainda na madrugada. Entretanto, não descarta a possibilidade de alegar problemas mentais na linha de defesa de Maria Verônica.
Uma provável justificativa para a farsa, não confirmada nem desmentida pelo advogado, seria a falta de atenção da família, já que o casal estava há cerca de 5 anos sem contato com os familiares que não aceitavam o relacionamento dela com o marido. "Ela se mostrou bastante arrependida", disse o advogado.
Mesmo afirmando não conhecer a barriga e não desconfiar da esposa, o marido da falsa grávida pediu afastamento do trabalho para cuidar da família. De acordo com Castro, o pedido de licença médica por estresse foi aprovado pelo serviço médico da empresa em que trabalha.
Com a maior dúvida respondida, se a mulher estaria grávida, agora a polícia deverá ouvir outros familiares. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Ivahir Freitas Garcia Filho, presente na coletiva, a mulher deverá prestar esclarecimentos na próxima semana e poderá ser ouvida em domicílio, a pedido da defesa que busca preservá-la do assédio das pessoas. A pena por falsidade ideológica e uma eventual vantagem sobre as doações recebidas podem levar a professora de um a quatro anos de reclusão. "Ela se perdeu no caminho e não achou meios para se encontrar", comentou o delegado. "Pelas pessoas que conversamos tudo levava a crer numa farsa. Tínhamos quase certeza que ela não estaria grávida", declarou.
Segundo o advogado que agora defende a falsa grávida, "ela se prontificou a devolver as doações". Caso algum doador recuse a devolução, ela prometeu fazer doações. Maria Verônica teria uma consulta psiquiátrica nesta tarde.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA SOCIALISTA DO PCdoB



Quinta-feira, 19 de janeiro as 18 horas.

Iniciando os trabalhos de formação politica no ano de 2012, o camarada Marcos Costa secretário estadual de formação politica e propaganda, apresentará o vídeo e coordenará os debates sobre o Programa Socialista do PCdoB, o evento terá participação da direção partidária, lideranças e convidados.

Os temas debatidos serão:
  • 500 anos de muita luta;
  • A encruzilhada brasileira;
  • Por que o socialismo;
  • O novo projeto nacional de desenvolvimento;
  • Ser militante do PCdoB.

O evento será na sede do PCdoB – Campos
Av. Alair Ferreira, 59 (28 de março) no bairro Turf-Club
sentido praias

Militantes do PCdoB, direção todos no compromisso com ENFERMAGEM














segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Acidente na BR-356 tira a vida de filha do querido Professor Marcelo.


É com muita tristeza que estou colocando essa notícia de um acidente muito grave na BR-356 nesta manhã em Grussaí. Marcelo como é conhecido e muito querido por suas alunas do Colégio João Pessoa do curso de Normal, ficamos todas muito triste por conhecer essa pessoa incrível, um pai maravilhoso e orgulhoso do seu bebê. Dois carros colidiram e em um deles estavam sua esposa, filha e ele no banco de trás. Estamos tão transtornados que me limito somente a informar para que outras amigas unam-se conosco para em orações confortar os corações desses pais e que Maria Luiza esteja ao lado do Pai


Quem quiser segue abaixo o endereço onde pode ver algumas fotos.
Leia mais no PORTALOZK.com : http://portalozknews.com.br/v1/materia/geral/policia/2012/01/16/acidente-na-br-356-altura-de-grussai-com-vitimas-resgate-de-sao-joao-da-barra-no-local/#ixzz1jftn3JPQ

sábado, 14 de janeiro de 2012

Acidente com ônibus coletivo perto da BR 101 - Morro do Coco


Quem leva vantagem nessa moda de motorista além de dirigir, que exige concentração total ainda tem que receber, dar troco, preencher passagens???? enfim tentem me convencer e agora nesse momento das vítimas do acidente perto de Morro do Coco. A Empresa está prestando toda "ajuda" para as vítimas. Que bom, agradecemos em nome de todas as vítimas, do motorista e todos que se envolveram no acidente. 
Agora a culpa é de uma passageira que puxou a camisa do motorista fazendo com que ele perde-se o controle do veículo. 
Fica uma alerta e agradecer por não ter tido consequências piores. 

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Hoje é sexta-feira 13 conheça os 13 piores assustadores do trabalho. Fique longe... hahahahaha






Alguns assustadores que estão ao seu lado no trabalho. Cuidado hoje é perigoso...hahahahahahahahahhahaha

Perfis de assustarEstes profissionais não são personagens de filme de terror, mas podem deixar qualquer um de cabelo em pé. Confira abaixo:
Puxa-saco: este tipo pode estar em todos os lugares, da escola à empresa. É fácil reconhecê-lo: ri de piadas feitas pelo líder que não têm a mínima graça, elogia as roupas do gestor e até se prontifica para buscar um cafezinho. “Ele quer se destacar bajulando o chefe, em vez de se destacar pelas suas competências”. Segundo a especialista, este tipo não chega a prejudicar o colega, mas a convivência com ele se torna bem desagradável.
Ganancioso: a ambição deste tipo de profissional deixa de ser saudável. Para alcançar o sucesso, como reconhecimento, promoção e aumento salarial, ele é capaz de tudo, o quue inclui prejudicar o colega que está no caminho. A frase popular  “vende até a mãe” cai como uma luva para ele. A dica da especialista é manter-se atento e principalmente à distância destas pessoas.
Manipulador: este tipo de profissional utiliza a persuasão de maneira negativa, para que os demais façam aquilo que ele deseja. Ele é discreto e pede tudo com “jeitinho”. É aí que está o perigo: o colega pode estar sendo manipulado e nem percebe, quando se dá conta, já é tarde demais.
Folgado: enrolação é com ele mesmo. Suas atividades demoram dias para serem concluídas, mas isso é uma tática, pois, fingindo que trabalha, ele não recebe mais tarefas em sua mesa. Ter alguém assim do lado é ruim porque ele não está preocupado com a equipe. Com o seu comportamento, ele acaba sobrecarregando os outros. Nesta situação, a consultora aconselha a conversa. “Pontue a questão e diga ele está prejudicando”. Caso ele não mude, não se preocupe: o gestor em algum momento perceberá.
Convencido: “ele é bom, é bom, é bom...”. Este é o hino do convencido. Este tipo acredita que ninguém na empresa é melhor e tem ideias melhores do que as dele. A autoestima elevada ultrapassa todos os limites, chegando ao ridículo. Assim como o folgado, ele só pensa nele e atrapalha o desenvolvimento das atividades em grupo. Por se considerar “Deus”, ele não escuta os outros e muito menos sabe receber críticas. “Converse com que ele e diga que as suas atitudes extrapolam. Olhar somente para si irá prejudicá-lo em sua carreira. Ele precisa ter visão do todo para alcançar o sucesso”, diz Karla.
Pessimista: não tente nada diferente, porque tudo pode dar errado. Este é o pessimista de plantão, que sempre enxerga problemas onde eles não existem. “Ele sempre puxa tudo para trás e isso inclui o colega que quer fazer algo diferente ou inusitado”. Com pessoas assim, é preciso ter cuidado para não se deixar influenciar.
Perverso: este tipo, por pura maldade, prejudica o colega para se beneficiar. Ele é capaz de roubar ideias e de até armar para que o outro seja demitido, caso ele veja alguma vantagem nisso, como um cargo. O cuidado com este profissional deve ser em dobro: “fique bem atento. Não abra seus planos. Confie sempre desconfiando”.